Hvar na Croácia – Dicas de viagem

Praia Zarace em Hvar
Praia Zarace em Hvar

Veja aqui o relato de nossa visita a Hvar, uma das principais ilhas da Croácia, com natureza exuberante, ótima hotelaria, boa comida, praias sensacionais de águas transparentes, gente bonita e tudo ainda pouco explorado pelo turismo.

Está aí um lugar que vou sentir saudades para o resto da minha vida. Hvar, pronuncia-se Ruar, ou algo parecido. Com certeza mais cedo ou mais tarde você vai ouvir falar sobre esta ilha na região da Dalmácia.

Stari grad ne ilha de Hvar
Stari grad ne ilha de Hvar

O verão por aqui bomba, o lugar é paradisíaco, não muito explorado, por isso ainda tem preços razoáveis comparado com outros lugares na Europa, além de ter uma estrutura excelente para o turismo.

Como chegar em Hvar?

Chegamos em Hvar vindos de Split. Onde embarcamos na pare da manhã no porto principalda cidade. A viagem foi relativamente curta, num catamarã da empresa Jadrolinija, o percurso total durou uma hora e 15 minutos. A nossa passagem custou 60 kunas (cerca de 8,5 euros).

No catamarã escolhido por nós não havia espaço para carros, portanto, se você precisar deste serviço, procure o barco para Stari Grad ( a cidade velha). Estes barcos são mais lentos e te deixam num porto a mais ou menos 20km de distância do centrinho da Ilha.

Há também opção para ir de carro desde o porto de Drvenik no continente para o porto de Sucurajv(dá para ir com seu próprio carro). Depois de desembarcar ali, você deverá ir de carro até Hvar.

Um amigo nosso acabou de voltar da Croácia e o mesmo optou por sair de Dubrovnik, direto para Hvar. A viagem dura perto de 3 horas e 30 minutos. Os preços também variam bastante. No nosso caso eu optei por ficar primeiro em Split, pois depois de Hvar iríamos direto para Zagreb, de avião mesmo. Foi mais fácil conciliar os horários.

Chegando no porto, em Hvar não em Stari grad, havia um serviço de transfer de bagagem (um carro elétrico) do nosso hotel. Foi uma tranquilidade. Ponto para eles.

Na saída da mesma forma, nos deixaram com nossas bagagens no local de embarque do catamarã, tudo muito descomplicado e já incluído no valor da diária.

Quando ir a Hvar?

A melhor época para visitar a ilha é no verão europeu. Uma vez que a região é um dos mais conhecidos balneários croatas. A beleza da cidade antiga ressaltada com o tempo bom, onde o céu e o mar estarão bem azuis. Já pensou visitar aquele lugar lindo e ter que ir encasacado?

Os melhores meses para sua visita são de junho e setembro. Onde os dias serão mais longos (diversão garantida até tarde), quentes e pouco chuvosos. Por outro lado, estes serão os meses de alta temporada, onde os preços serão sempre mais elevados. Uma dica, junte um pouco mais de dinheiro e vá na época certa, passeio no inverno por lá deve ser foda(vento e chuva).

O clima é muitíssimo parecido com o de Dubrovnik, um pouco mais ao sul no país.

Quanto tempo ficar em Hvar

Essa sempre é uma pergunta difícil de se responder, uma vez que envolve interesses bem pessoais. Eu gosto muito de praia, ficaria uma semana facilmente, contudo, tem gente que não gosta, portanto as vezes nem se animaria a ir.

De modo geral, compusemos nossa visita com três dias inteiros por lá. Mas como disse, anteriormente, como gosto de praia, ficaria 5 dias tranquilamente. Menos do que três eu não recomendo.

Visto

Nós fizemos nossa imigração na França, na Croácia entramos vindos da União Européia – UE, portanto em voos domésticos. O processo de concessão do visto é o mesmo que para os demais países da UE, sai tudo na hora e sem muita preocupação.

Laganini Louge Bar em Hvar
Laganini Louge Bar em Hvar

Vacinas

Ainda não são exigidas de brasileiros em viagem para a Europa qualquer tipo de vacinas, mas como seguro morreu de velho, eu viajo sempre com meu certificado internacional de imunização sempre em mãos.

Moeda

A moeda na Croácia, é a Kuna croata – sigla HRK. No momento da nossa pesquisa R$1,00 valia o equivalente a HRK 1,75; ou ainda 1 EURO valia 7,37 HRK. Não invente de procurar Kunas aqui no Brasil para levar para lá, vá com euros mesmo.

Telecomunicações

Quem hoje em dia abre mão de estar conectado? Independente de onde estiver visitando. Da mesma forma que a maioria, nós gostamos muito. Na Croácia por exemplo nós usamos muito o celular para acessar nossas redes sociais e para falar, usando o Skype.

Veja aqui um relato completo sobre a nossa solução para este problema. Clique aqui e confira.

Segurança

Como todo país europeu, nos sentimos muito seguros ao andar pela Croácia. Não passamos ou soubemos de nenhum problema relacionado a isso.

Onde ficar em Hvar?

Ficamos no  Amfora Grand Beach Resort, uma delícia de lugar. Ele fica a uma curta caminhada do porto, 15 minutos, ou menos, passeando pela orla paradisíaca da ilha. Segue aqui a página do hotel no booking.com.

O hotel é grande e muito bem localizado, possui um complexo de piscinas, spa, vários restaurantes, concierge, praia particular, entre outros mimos.

Amfora Grand beach resort em Hvar
Amfora Grand beach resort em Hvar

Fica do lado de um dos mais badalados beach clubes da ilha, o Hula hula. Adorei o quarto, super funcional, amplo, limpo e tranquilo. Passei noites tranquilas, não ouvi barulho. Os quartos são grandes e estavam muito bem cuidados, com todas as amenidades de hotelaria. Nosso café da manhã estava incluído e valeu a pena, uma vez que na ilha não é muito fácil e achar um starbucks por exemplo.

Caso você deseje pesquisar por outros hotéis, pousadas ou apartamentos na ilha, é só clicar no banner abaixo.


Booking.com

Atrações em Hvar/O que fazer em Hvar

Aluguel de barco

Um dos grandes atrativos da região é um conjunto de ilhas situado bem em frente, as Ilhas Paklene. Você consegue chegar até lá de várias formas: um water taxi, num ferry ou alugando um pequeno barco com potência limitada. Isso mesmo, alugando um barco e indo por conta própria.

Nós optamos pela terceira. Após uma aulinha de como operar o barco nós levantamos âncora e partimos. Atravessamos rapidamente o canal entre as ilhas e após um passeio pela orla das Paklene paramos o barco numa marina pública em Palmizana e fomos à pé até a Laganini Lounge Bar.

Beach club Laganini

O beach clube é sensacional, paga-se um day use para usar as instalações, mas acreditem, apesar de ser pago vale muito a pena. De frente para o clube existe um pequeno cais onde atracam alguns water taxis levando e trazendo frequentadores ao longo do dia.

A praia disponível é deliciosa, se eu pudesse estaria lá até agora . Ficamos o dia por lá e no final voltamos para Palmizana. Pegamos nosso barco e terminamos de passear pelas pequenas baias das Paklenes.

Depois de termos apurado o bronzeado, no dia seguinte passamos percorrendo a ilha numa moto alugada, você escolhe a potência – li em vários blogs que havia necessidade de levar a Permissão Internacional para Dirigir, levei, mas quando apresentei o dono da locadora me disse que foi a primeira vez que alguém lhe apresentava uma – pega a moto, o mapa e vá.

Há diversos pontos interessantes a serem visitados. Como campos de lavanda, praias e vilarejos da ilha. Não deixem de fazer este passeio. Alguns estabelecimentos também alugam quadriciclos para quem não tem muito a manhã de andar de moto.

Informações

Não tem muito jeito de se perder, a ilha é compacta, a estrada é bem sinalizada  e você segue pelo roteirinho básico que não tem erro:

Praias – Milna, Zarace beach e Dubovica.

Vilarejos – Stari Grad, Vrboska e Jelsa.

No caminho você encontra algumas vinícolas caso aprecie vinho, várias oferecem degustação. Na volta pegue o caminho para Brusje, uma estradazinha curta com pouco tráfego, dependendo da época do ano (junho e julho) você pegará a florada das lavandas.

É mesmo muito bonito. Vale a pena o desvio do caminho original, as paisagens compensam. Este passeio te tomará certamente um dia inteiro, escolha um bom restaurante numa das vilas para almoçar se bater a fome.

Seguros promo
Seguros promo

Centro antigo de Hvar

Em Hvar, o centrinho da cidade lhe renderá boas fotos e passeios, igrejas, o arsenal, pequenas galerias. Obrigatório dar uma subidinha até a fortaleza espanhola, ver a torre do relógio e o mosteiro Franciscano. Tudo fica muito perto, o que dá mais trabalho é visitar a fortaleza, pois tem uma pequena subida para chegar, mas vale a pena.

Para quem quer curtir as praias além da prainha do Laganini que eu já falei anteriormente eu recomendo a Pokonji Dol, o Hula hula e Milna. Se estiver no Amfora, a prainha de lá também é deliciosa.

Onde comer em Hvar

A culinária Croata é muito parecida com a Italiana, muita massa (de boa qualidade) e frutos do mar maravilhosos. Destaque para os peixes de preferência o pescado do dia (catch of the day). Fomos a alguns bons restaurantes enquanto estivemos por lá, recomendo os seguintes:

  • Dalmatino,
  • Fig café,
  • 50 Hvar e
  • Lungo Mare.

Lembre-se que alguns deles podem exigir reservas, liguem ou entrem no site para confirmar.

Veredito

Nosso maior problema em Hvar foi ir embora, bateu saudades antes mesmo de partir. O lugar é lindo e inesquecível, cheio de coisas para fazer, comida excelente e aquele mar…..

Passeio de motocicleta em Hvar
Passeio de motocicleta em Hvar

Quem puder ir, vá. Tudo por lá é relativamente barato, fácil de ser acessado e ainda por cima tem muitas atrações. Visitar Hvar no meu entendimento é quase que obrigatório para quem vai para a Croácia. Não deixe de visitar.

Com que destino eu consigo combinar uma visita a Hvar?

Dá para combinar sua visita a Dubrovnik com os diversos destinos interessantes da Croácia e países próximos, como por exemplo:

  • Kórcula – Croácia;
  • Zadar;
  • Solta Island(fica bem perto);
  • Milna Island(também fica perto);
  • Lagos Plítvice;
  • Split – Croácia;
  • Dubrovnik- Croácia;
  • Zagreb – Croácia.

Dá também para visitar a Eslovênia depois de sair de Zagreb, e a Itália indo a Veneza e Milão, cidade da região norte do país muito próximas da fronteira da Croácia e da Eslovênia. se estiver rumando para o sul, dá para visitar a Bósnia e Montenegro.

Rent Cars
Rent Cars

Abraços a todos e obrigado pela visita. Deixe aqui seu comentário e visite nossas redes sociais:


[mc4wp_form id=”12997″]

 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui