Lima – Dicas de viagem, atrações e guia completo

Centro de Lima
Centro de Lima

Lima é uma cidade muito interessante e cheia de ótimas atrações. Veja dicas de onde ficar em Lima, além de dicas de hotéis baratos em Lima, qual a melhor época pra visitar a cidade, onde comer, com que cidades você poderá conciliar uma visita a Lima e muito mais.

Embora muita gente vá ao Peru apenas com o intuito de conhecer Cusco e Machu Picchu, acredito que não vale a pena deixar Lima de fora, pois você não vai precisar dispender muitos dias para conhecer a cidade e ainda terá como prêmio um fantástico tour gastronômico. Pois bem, vamos ao Post.

Quando ir (clima)?

Lima é uma cidade intrigante quanto ao aspecto climático. Devido a sua localização, tem um clima único, que é uma mistura de clima desértico e sub-tropical. Isto significa que as temperaturas são amenas, as precipitações são ausentes e a umidade do ar é elevada. As nuvens cobrem o céu da cidade a maior parte do ano e os meses mais ensolarados vão de dezembro a abril. Já nos meses de junho a novembro o nevoeiro é persistente.

Com isso tudo dito, o que vai direcionar a sua visita será o clima de Cusco e Machu Picchu. Veja os posts sobre as duas cidades CLICANDO AQUI PARA CUSCO e AQUI PARA MACHU PICCHU.

Chegada e saída de Lima

Voos para Lima

Temos voos diretos do Brasil para Lima. As principais cidades de origem são Rio de Janeiro (Galeão) e São Paulo (Guarulhos). O voo é super tranquilo, fomos de Avianca (AV920) desde o Rio de Janeiro e a duração foi de cerca de 05:30hs.

O serviço da Avianca foi bem satisfatório, sem grandes firulas, cobrando um preço justo e atendendo todas as nossas necessidades. Tivemos uma refeição mais substanciosa e um lanche ao pousar.

O mais importante de tudo para mim foi eles não terem atrasado.

O Básico para Lima (Moeda, visto, vacinas, segurança, saúde, dicas)

Moeda do Peru

A moeda no Peru é o Novo Sol (PEN). Em 15/06/2018, R$1,00 equivalia a aproximadamente S/ 0,87136. Verifique a cotação atualizada no site oanda. Se estiver em dúvida sobre qual moeda levar para sua viagem, Dólares ou Reais, basta fazer uma conta simples. Vamos ao exemplo: Primeiro, verifique quantos Novos Sóis você consegue comprar com R$100,00. No nosso caso, observando a data acima indicada, compramos S/86. Fazendo uma conversão para o Dólar, com R$100,00 seria possível comprar US$26,00 e com estes US$26,00 compraríamos S/83,72. Portanto, S/83,72 < S/86, neste dia valia mais a pena levar o Real.

No entanto, há que se considerar a forte desvalorização que o Real vem sofrendo frente a todas as moedas do mundo nos últimos anos, especialmente em relação ao dólar. Pesquise sempre antes de comprar, mas se tiver dúvidas, compre Euros para viajar para Europa e para Cuba e Dólares para o resto do mundo.

Visto e Vacinas para o Peru

O visto é concedido na sua entrada, não há requisitos especiais. O agente de imigração fará algumas poucas perguntas. Inicialmente, o visto para fins de turismo é de 30 dias. É sempre bom ter em mãos as reservas de hotel, casa de aluguel ou afins, seguro saúde (apesar de não ser obrigatório) e comprovante de voo de volta, para o caso de ser solicitado.

Quanto a Vacina, só será necessário apresentar o comprovante da imunização contra a febre amarela se você estiver indo para a selva amazônica. Machu Picchu é uma área pré-amazônica, não sendo obrigatório apresentar este comprovante se estiver fazendo o roteiro Lima-Cusco-Machu Picchu. Fiquem ligados pois esta política pode mudar!

Segurança 

No geral, o país é muito seguro, mas as medidas básicas de segurança que adotamos por aqui também são válidas por lá. Evite caminhar por áreas desertas, especialmente à noite. Preste atenção sempre aos seus pertences. As Carteiras e celulares devem estar nos bolsos da frente.

Seguro

Recomendo sempre que contratem um seguro saúde e de bagagens para viagens internacionais, já falei sobre isso AQUI. O pessoal do seguro/assistencial te ajudará bastante em caso de necessidade. Tomem cuidado ao escolher seu plano, verificando todas as coberturas disponíveis.

Para cotar seguros basta clicar no banner aqui abaixo. Usando o código BLOGAVIAGEM5 vocês usufruem de 5% de desconto na contratação do seu seguro viagem. Se o pagamento for feito no boleto bancário, ganham mais 5%. Aproveitem!

Banner 2

Como se locomover em Lima ?

Nós caminhamos bastante pela cidade e usamos Uber para os deslocamentos maiores. Nosso hotel ficava em Miraflores, o que considero uma excelente base para os passeios . Eu adoro caminhar e ter contato com o cotidiano local. Importante esclarecer que não há necessidade de alugar carro, pois o trânsito é meio louco e estacionar nem sempre é uma tarefa fácil.

Mas como usar o Uber se minha operadora de telefone não funciona por lá? Eu contratei um plano de telefonia celular pela Easysim4U e já cheguei usando o telefone para tudo. O Uber exige que você faça uma nova ativação por ter mudado o número do telefone, mas é muito fácil. Eu narrei brevemente como foi usar o chip da Easysim4U por lá, CLIQUEM AQUI E CONFIRAM.

Quanto tempo e Onde ficar em Lima?

Se seu interesse é cobrir os principais pontos da cidade, uma visita de dois ou três dias (inteiros) será suficiente. Se você dispuser de apenas dois dias, terá que priorizar algumas cosias e fazer tudo com mais pressa.

Como já contei, escolhemos o bairro de Miraflores para nos hospedar. Este é o bairro mais procurado pelos turistas e existem vários hotéis e casas de aluguel. Outro bairro interessante é San Isidro, pois as principais atrações turísticas estarão distribuídas nessa região. O hotel que ficamos é de uma rede bem conhecida em todo o Peru, Casa Andina Standard Miraflores, que fica na avenida Petit Thouars, 544.

O custo benefício era bem interessante e o serviço do hotel de bastante qualidade. O único porém foi que o hotel ocupava um prédio baixo e nosso quarto ficava de frente para a rua, sendo que as vezes ouvíamos barulho. Caso se interesse pelo hotel, CLIQUE AQUI e faça sua reserva.

A rede possui mais 3 hotéis na cidade, pela qualidade das acomodações e pelo preço, acho que vale a consulta:

Se você deseja ver outras opções, CLIQUE AQUI e escolha a que melhor couber no seu orçamento.

Outra dica relevante, é que as tomadas do seu hotel em Lima serão compatíveis com os seus aparelhos, mas em Cusco o padrão é diferente, sendo necessário o uso de um adaptador.

Principais Atrações

Museu Larco – Este é o principal museu de Lima. Ele é privado e cobre aproximadamente 4000 anos da história peruana, desde a era pré-colombiana. Foi fundado por Rafael Larco Herrera. Está localizado no bairro (distrito) de Pueblo Libre (dá para ir e voltar de forma fácil com Uber), em uma casa do século XVIII.

O museu possui algumas exibições permanentes, destacando-se a de joias de ouro e prata, além de uma galeria de porcelanas eróticas.

Outro destaque do local é seu belíssimo jardim, onde está um excelente restaurante. No dia de nossa visita, aproveitamos para almoçar por ali e recomendo muito o ceviche.

Distrito de Barranco

Aqui se localizam algumas boas atrações, como a Ponte dos Suspiros, a Plaza San Francisco, a a Livraria La Libre, a reconhecida Galeria Dédalo, o Museu da Eletricidade, o Museu Pedro de Osma, que é uma belíssima mansão art nouveau, o Museu de Arte Contemporânea, que reúne obras a partir de 1950 até os dias atuais e o MATE – Museu Mario Testino, do renomado fotógrafo peruano que faz sucesso no mundo da moda.

A caminho do Mate, você também poderá conhecer a Igreja Santíssima Cruz e a Biblioteca Municipal.

Na Paróquia La Ermita, há um belo mirante com vista para a Bajada de los Baños e o mar. A Bajada de los Baños é uma escadaria acima das falésias que dá acesso ao mar. Ao seu redor foram construídos chalés e casas preservadas até hoje, muitas delas transformadas em pontos comerciais.

Há também vários grafites que dão um ar descontraído ao lugar.

Parque das Águas – Parque da Reserva

O parque é enorme e possui diversas fontes, sendo possível a interação dos visitantes com elas. O local abre às 15 hs com uma entrada ao custo de S/4. As crianças de até 4 anos e idosos acima de 65 anos não pagam. Mas o mais interessante fica por conta do espetáculo de projeção realizado a noite, o qual narra um pouco da história do Peru. Este show acontece em frente a fonte principal, 3 vezes ao dia, nos horários de 19:15hs, 20:15hs e 21:30hs.

Se quiserem melhores detalhes, acessem o site do parque aqui.

Centro Histórico de Lima

O Centro Histórico de Lima foi todo reformado, em uma ação promovida pelo governo local e a UNESCO, e seus antigos prédios com as vistosas varandas em madeira escura estão mais bonitos do que nunca. O maior atrativo dessa região são os prédios no entorno da Plaza Mayor. Lá estão localizadas a Basílica Catedral de Lima, a sua Prefeitura chamada de Municipalidade de Lima, o Chafariz no centro da praça, o Palácio Arcebispal de Lima(vale muito a visita) e o Palácio do Governo do Peru.

Bem perto dali está o Convento de São Francisco (possui uma belíssima biblioteca), a Casa da Literatura, o Museu Bodega y Quadra, o Paseo de Los Héroes( ao redor estão alguns lindos edifícios, como o Palacio de Justicia, o Centro Civico e o Museu de Arte Italiano), Casa Aliaga (a casa mais antiga das américas) e o Covento de Santo Domingo (local em que se encontra a Tumba de Santa Rosa de Lima). Vale muito a visita!

Também recomendo o passeio pelas ruas Jirón Ica e Jirón Ucayali – atualmente exclusivas para pedestres – que são as mais belas do centro da cidade, com inúmeras fachadas de mansões coloniais bem conservadas, além do Palácio Torre Tagle, sede do Ministério das Relações Exteriores.

Miraflores

Os principais destaques dessa região são:

O belíssimo Parque del Amor, inspirado no parque Guell de Barcelona, com diversos mosaicos de azulejos e uma grande estátua de um casal se beijando, obra que representa o escultor peruano Victor Delfín e sua esposa.

O Parque Maria Reiche, com seu seus jardins que recriam as linhas de Nazca, e o Farol da Marina, que são ótimos locais para relaxar e apreciar a vista do céu, quase sempre branco, contrastando com o colorido dos paragliders.

O shopping Larcomar, com suas ótimas lojas e excelentes restaurantes, como por exemplo o Tanta e a hamburgueria Papacho’s.

Outra pedida é bater perna pelo Parque Kennedy e visitar a Calle de las Pizzas ao anoitecer.

A dica mais importante é ir com roupas e calçados confortáveis, pois a caminhada será longa.

Huaca Pucllana

A Huaca Pucllana é uma grande pirâmide bem no meio do distrito de Miraflores. Ela foi um dos grandes centros cerimoniais dos antigos habitantes da região entre os anos de 200 e 700 D.C.. Hoje, o governo peruano conserva muito bem o local. As visitas são guiadas e acontecem durante todo o dia. Mais informações sobre este fantástico lugar podem ser conseguidas no site oficial, clicando aqui.

Minha dica extra é que você vá jantar no restaurante que funciona neste local. Tenho certeza que a experiência será marcante!

Artesanato

Em Lima você encontrará boas oportunidades para adquirir artesanato. Achei os preços aqui melhores do que em Cusco ou em Machu Picchu.

Os principais mercados indígenas ficam na Av. Petit Thouars, que está a uma curta caminhada do Parque Kennedy. Boas compras e divirtam-se!

Mercado Surquilho

Este é o principal mercado da cidade, mas não vá achando que encontrará um mercado municipal como o de São Paulo. Aqui, os locais fazem mesmo suas compras para o dia a dia e o turismo por ali é secundário.

De todo modo, acho interessante conhecer os frutos, cereais, carnes, bebidas e especiarias que são consumidos pelos locais. O mercado fica a uma curta caminhada de Miraflores, não precisa nem pegar taxi.

Restaurantes

Lima é um dos lugares com melhor gastronomia da América Latina. São inúmeros restaurantes premiados, que vão desde a comida mais simples, até a mais sofisticada. O carro chefe é o tradicional Ceviche, que é servido em praticamente todas as casas pela cidade. Ele é habitualmente consumido até o horário do almoço, aproveitando a pesca do dia, mas também pode ser servido durante a noite.

Atenção! Recomendo fortemente que vocês façam reservas para os restaurantes mais famosos, especialmente os que são assinados pelos chefes Rafael Osterling e Gaston Acúrio.

Gaston Acurio ( Restaurantes Tanta, Papachos, La Mar, Astrid & Gaston)

O chefe Gaston Acurio é o maior expoente da cozinha peruana na atualidade. Seus restaurantes são muito requisitados. Há várias opções, desde o famoso Astrid & Gaston, com seu ambiente requintado e pratos super criativos, até a agradável e popular hamburgueria Papachos. Nós adoramos O La Mar, que é uma deliciosa cevicheria, e o Tanta que traz uma comida peruana tradicional com preços mais acessíveis. Há também o excelente Chicha em Cusco, mas Cusco ficou em outro post, clique aqui e verifique.

Rafael Osterling

Me surpreendi enormemente com este restaurante. Aqui, você precisa de reserva para jantar. Pegamos um Uber e fomos para lá. A casa é pequena e bem intimista. Para mim foi a melhor opção de comida em todo o Peru. O chefe é bem criativo com pratos super diferentes e muito saborosos. O preço é justo para a qualidade da comida. Não percam!

Mapa de Lima

Segue aqui para vocês o mapa com as principais atrações de Lima. Aproveitem.

Veredito

Gente, há muitas coisas para se fazer e visitar em Lima, não deixem de ir, vale super a pena!

Com que destinos eu consigo combinar a minha visita a Lima?


Aqui é fácil, o roteiro ideal é fazer visitas as principais cidades do Peru. Cusco e Machu Picchu são as mais evidentes, mas também podemos visitar Nazca, o lago Titicaca, Puno e até mesmo combinar com uma viagem pela Bolívia.

Vou encerrar o post de hoje por aqui, para não ficar muito grande. Obrigada por nos acompanhar!

Veja todos os nossos outros posts sobre o Peru