Miami 3 dias de passeio e um dia de compras no Outlet Sawgrass Mills

Publicado por Blog A Viagem em

Última atualização em

Home » Américas » América do Norte » EUA » Miami 3 dias de passeio e um dia de compras no Outlet Sawgrass Mills

Como não falar de  Miami? Apesar de existirem milhões de posts por aí, aqui vai o meu. Confira conosco nosso roteiro de 3 dias numa das cidades mais animadas dos EUA.

Chegamos num vôo direto do Rio para Miami, achei muito fácil, o vôo durou pouco mais de 8 horas, quando chegamos em Miami ainda era madrugada. O processo de imigração foi bem rápido e eficiente 👍🏼.

Para ir a Miami Beach pegamos um taxi, que apesar de ter andado pouco tempo, percorreu uma distância considerável. A corrida não custou caro, nem tão pouco foi uma pechincha. Ficamos no meio do caminho, para mim um preço justo. Não aluguei carro logo de cara pois para mim em Miami Beach e Miami podemos andar de transporte público, transporte turístico ou a pé tranquilamente.

Quando ir a Miami (Clima)?

Nos EUA em modo geral as estações são bem definidas, ou seja, verões quentes e invernos frios. A “estação quente”em Miami, vai de abril a outubro. Com temperaturas agradáveis de dia e noites não muito frias (o auge da temperatura fica entre junho e setembro). Em contrapartida a estação chuvosa coincide com o calor, vai de maio a outubro.

Na média o mês mais quente é agosto e o mais frio janeiro. Junho é o mês mais úmido e dezembro o mais seco. Eu recomendo ir na primavera ou no outono, fomos em fevereiro (ainda inverno) não pegamos nenhuma chuva, mas alguns dias um pouco frios na parte da manhã, durante o dia até rolava praia. O verão é a época do ano mais propícia a tempestades tropicais (furacões) convém pesquisar para evitar eventos do tipo.

Abaixo segue um gráfico do comportamento da média do clima em cada um dos bimestres do ano.

Clima em Miami
Clima em Miami

Quanto tempo ficar em Miami?

Isso é um dilema em todas as viagens. O maior limitador de todos é o tempo e o $$ que temos disponível. Miami tem muita programação cultural, eventos esportivos, atrações mil, eventos, vida noturna. Dá para encher umas duas semanas facilmente, eu acho que de 5 a 7 noites você fará um ótimo passeio. Se quiser conjugar com Orlando dá para compactar e fazer entre 3 e 4 noites.

Onde ficar em Miami?

Mais um assunto complicado, e vai depender da quantidade de $$ disponível para gastar. Acho que, a não ser que você tenha algum lugar para ficar, ou um evento específico em determinada região, o melhor local para se hospedar é Miami Beach. É mais caro com certeza, mas você estará perto de tudo, bons hotéis, praia, bares e restaurantes, atrações, boates, lojas, ufa…

As demais regiões também tem o seu encanto, mas o burburinho estará em Miami Beach. Miami Downtown apesar de mais barato do que Miami Beach,  fica a mais ou menos 9km de Miami Beach. Contando o trânsito, você pode gastar fácil uma meia horinha de deslocamento.



Booking.com

Como disse anteriormente, vale fazer as contas e pesquisar bastante por um bom hotel.

Nós ficamos no Loews Miami, um dos grandes hotéis que ficam em Miami Beach, ocupa um dos prédios mais altos da praia, segue aqui a página deles no booking.com. O prédio tem aquela cara de antigo, mas é super, hiper, mega conservado. Hotel de primeiríssima qualidade. Tem tudo que você precisar, só o preço que é um pouquinho acima da média, mas vale o conforto. Semelhante a ele é o Fountaneableau um luxo só.

Como se locomover?

Andar exclusivamente de taxi pode ficar meio carinho, o bom é que, como nas grandes cidades americanas dá para usar e abusar do Uber. Inclusive, por aqueles lados se você tiver um pouco de di$ponibilidade você pode até esbanjar um pouquinho. Eles tem umas categorias diferentes do Uber, como por exemplo Uber XL(carros grandes), Uber Premium (carros luxuosos) e os nossos comuns, pool e uberx. Vejam umas telinhas com simulações do aeroporto até Miami Beach.

O taxi não deixa de ser uma opção, e apesar do preço, tem pela cidade toda. Só pedir no seu hotel que eles te chamam um (se já não tiver um ponto de taxi no hotel). Há linhas regulares de ônibus na cidade, mas eu confesso que não me aventurei, se tivesse pesquisado, teria usado.

Transporte público

Outra opção – esta conjuga transporte e turismo – são os ônibus do tipo hop on/hop off. Existe uma empresa – Big Bus Tour – com saídas regulares ao lado do Bayside Marketplace. Eles rodam toda a cidade, Miami Beach, Wynwood, Little Havana, Design district, Coral Gables e Coconut Grove.

Os preços variam de acordo com a rota que você escolher e o mais importante, de acordo com os opcionais escolhidos. Vale a pena fazer a conta para ver se compensa pegar um passe de mais de um dia e ir conhecendo toda a cidade e ainda por cima se locomovendo. Se for ficar apenas em Miami Beach, até andando você faz tudo.

Há quem opte por alugar logo de cara um carro, eu não acho necessário, mas como disse por aí, você deve olhar as suas po$$ibilidades. Existem diversas locadores na cidade, com lojas em Downtown ou na praia. Eu aluguei no último dia.

Regiões

Miami Beach e Art Deco District

Miami Beach é uma ilha, ou melhor, uma série de ilhas, de frente para o mar azul e cristalino. Cheia de hotéis, restaurantes e condomínios, onde se localiza a parte histórica com os pequenos prédios em art déco. Se você não estiver muito apertado de grana, se hospede por lá, você pagará um pouco mais caro. Entretanto, você estará hospedado na melhor localização da cidade, bem próximo a hotéis, boates, bares e restaurantes.

Miami Downtown

Miami é outra coisa, colada em Miami Beach, ligada por algumas pontes. É como se fosse o centro da cidade. Onde fica o coração financeiro, os grandes prédios e alguns bairros históricos. Tem muita coisa para fazer por lá, recomendo especialmente o passeio de barco que sai da Miamarina, pertinho do shopping Bayside – é por aqui que fica o Bubba Gump Shrimpo Co, a AA Arena

Wynwood

É uma local meio alternativo, onde os donos de imóveis e a prefeitura liberaram as fachadas de seus estabelecimentos, para que grafiteiros (alguns deles renomados como o caso dos Gêmeos – brasileiros) expressarem sua arte. Ao contrário do que possa parecer, isso tem chamado mais e mais turistas para o local.

Alguns locais criaram umas pequenas galerias, em  pátios fechados, onde pode-se visitar. Algumas obras são tão impressionantes que parecem até retratos e não grafites. É um passeio muito legal a se fazer em Miami, contudo, fica meio longe de Miami Beach, mas vale a pena o esforço.

Para ir para lá pegamos o ônibus turístico – hop on, hop off – que nos deixou na cara do gol. É um passeio relativamente curto, não te tomará muito tempo, e como é para ver ambientes externos, é claro que o ideal é fazê-lo em dias sem chuva.

Little Havana

Como o próprio nome deixa bem claro, este é o bairro da comunidade cubana em Miami. Fica na área oeste da cidade, bem depois do centro econômico. Você encontra uma atmosfera mais simples e pitoresca, com mercadinhos de rua mais ao estilo dos que são encontrados inclusive no interior do Brasil, também bares, montes de cubanos nas praças jogando dominó, danceterias, restaurantes e etc. Fomos de ônibus de turismo, não tem muito para ver, é para curtir a atmosfera e depois partir.

Miami Design District

O Miami Design District é a novidade no campo da moda, das artes e compras em Miami. É uma região que está se expandindo, por isto, ela está abarrotada de lojas, galerias, museus, escolas de arte e design, etc. Se puder, vale a pena a visita. Uma dica, o Big Bus passa bem na rua principal do distrito.

Outras regiões interessantes

  • Coconut Grove e Miracle Mile – a Miracle mile é uma rua repleta de lojas especializadas em artigos para casamento. Assim sendo, noivas e novos de diversos lugares passam por aqui para encomendar os seus “milagres”. Não é um outlet, não se iludam, apenas lojas do mesmo tema agrupadas numa região.Se estiver de casamento marcado, vale uma visita.
  • Coconut grove é uma região pouco explorada pelo turismo em Miami, inclusive o local é menos comercial, mas vale a visita. Ela é cheia de casas e prédios em estilo antigo e rebuscado, seus imensos jardins e as vezes até lagos, muitas árvores a tornam pitoresca e digna de uma visita rápida. O ponto principal para se ver é o hotel ….

Atrações

  • Restaurantes – Fomos a alguns restaurantes muito bons, dentre eles destaco o Rosa Mexicano , que fica na Lincoln Road (tem que reservar). Conhecemos este em NYC, quando vi que tinha também em Miami eu já tratei de reservar. O local é super descolado e bem frequentado. O pessoal é bem atencioso, a comida nem se fala. Para quem gosta de comida mexicana, é um prato cheio. Outros bons restaurantes que recomendo:
    • Smith & Wollensky;
    • Joe’s Stone Crab;
    • Bubba Gump Shrimp Co.;
    • The Cheesecake Factory;
    • Carpaccio;
    • Nikki Beach Miami – este vale explicar, além de um restaurante é um clube de praia, talvez você tenha que reservar para conseguir entrar. Fica no começo da praia, é bem badalado. Vale a visita.

Museus

  • Museu Vizcaya e jardins
    • Este é um dos locais mais interessantes que eu visitei em Miami.

Aqui abaixo, seguem alguns outros museus dignos de nota em Miami. Espero que gostem.

  • Pérez Art Museum Miami;
  • Miami Children Museum;
  • Cubaocho Museum and Performing Arts Center;
  • History Miami;

Pegando praia em Miami

A praia é legitimamente caribenha, uma faixa de areia larga,  que é limpa regularmente. Com seus postos de salva vidas estilizados, possui águas azuis  e de temperatura suportável. Uma dica legal é aproveitar um day use de um dos bons hotéis da orla, destaques para o Loews e o Fontainebleau. Estes hotéis possuem serviços sendo executados na própria praia, se o dia estiver bom, a diversão é garantida.

A vida noturna na Flórida

Miami Beach - 3 dias em Miami - Florida
Miami Beach

Miami possui a fama de ter diversão tanto para quem gosta do dia, quanto para quem gosta da noite. A vida noturna é bastante agitada, com boates e shows funcionando ao longo de todo o ano. Não sei se o espírito festivo vem do sangue latino que corre por ali, mas o fato é que por aqui a diversão é garantida. Nomes como Nikki beach, Mango’s Tropical Cafe, Clevelander South beach Hotel e Bar, Salsa Mia, Bleau Bar (do hotel Fontainebleau), Lagniappe agitam o cenário. É só escolher o que mais gostar e aproveitar.

Outros pontos dignos de nota, que você não perde em visitar são Espanhola Way  e Lincoln Road , conjugam compras com diversão e boa comida. Recomendo!

Um cruzeiro a partir de Miami

Várias pessoas já me perguntaram se vale a pena fazer um cruzeiro a partir de Miami, eu novamente digo: depende! Depende da sua condição financeira, do seu estilo de viagem, do tempo disponível, depende. Miami é o porto mais movimentado por “cruzeiristas” do mundo, por isso, sozinho ao longo do ano, o porto de Miami recebe mais passageiros do que todo o Brasil, e os motivos para isso são vários:

  • O primeiro deles o poderio econômico dos EUA e dos americanos.
  • O porto de Miami tem uma boa estrutura para receber os navios, por isso, quase todas as empresas de cruzeiro aportam por ali (Norwegian, Royal Caribean, Disney, Costa, MSC, etc).
  • Conta muito também a sua localização privilegiada, na Flórida, relativamente perto de todos os recantos paradisíacos do Caribe.
  • Um outro fator, todo o Caribe tem um clima menos agressivo e desafiador que o restante dos EUA, apesar da temporada de furacões, a maior parte do ano o clima é agradável.

Pela grande disponibilidade de saídas e roteiros partindo daqui, e se eu tivesse tempo para tal, eu com certeza programaria um cruzeiro partindo daqui.

Mapa de Miami

Uma grande atração para os brasileiros que visitam Miami são as compras em Outlet, muitas vezes nós aproveitamos para renovar o guarda roupas, ou até mesmo fazer o enxoval. Com Isso o Outlet Sawgrass Mills em Miami, que  é o maior outlet da Flórida se destaca bastante.

Como Chegar no Outlet Sawgrass Mills

Alugamos um carro para ir a Orlando quando terminássemos nosso tour por Miami,  aproveitamos e usamos para fazer umas comprinhas neste Outlet Sawgrass Mills que fica nos arredores de Miami.

Trajeto Sawgrass Mills
Percurso Miami Beach-Sawgrass Mills

O Shopping Sawgrass Mills fica a aproximadamente 60 km a noroeste de Miami, numa viagem muito simples e descomplicada. Usamos o GPS do google maps para chegar e funcionou direitinho, não teve erro. Em 45 minutos de viagem, mais ou menos, saímos da locadora e chegamos ao local.

Outlet Sawgrass Mills
Mapa do Outlet Sawgrass Mills

Compras no Outlet Sawgrass Mills

Faltava pouco tempo para abrir. Esperamos um pouco, quando abriu partimos à caça. Pegamos um mapinha na entrada, traçamos uma rota básica de acordo com nossos pontos de interesse e partimos. Nike, Adidas, Levis, perfumaria, Tommy, Prada, Gucci, Versace, Ralph Lauren, Armani, etc. Dá para falir num dia só, mesmo pagando barato. No nosso caso, levamos dinheiro certo para as compras, se acabasse não haveria prorrogação(no cartão de crédito).



Booking.com

Almoçamos por lá mesmo num restaurante japonês que há dentro do shopping, ainda existem outras opções, mas quisemos comer algo rápido e voltar logo para as compras. O shopping é servido por ônibus indo e vindo para Miami, vale consultar horários e reservas no site. Vale também procurar na entrada do outlet um talão de descontos, algumas lojas te oferecem algum desconto extra para quem apresentar os respectivos tickets. No mais é bater perna (não adianta muito pechinchar) e escolher o que se adaptar melhor em cada tipo de bolso.

Mapa do Outlet Sawgrass Mills

Pessoal, vou ficando por aqui, foi muito bom falar de Miami, espero que quem tiver oportunidade de visitar, aproveite bastante. Não tenho a pretensão de cobrir todas as atrações, ainda mais se tratando de uma cidade tão grande quanto Miami. Mas vale como um bizu para um passeio básico e bem aproveitado na cidade. Agradeço a todos pela paciência.

Outros destinos nos EUA

Pensando em viajar para os EUA e quer algumas ideias legais de passeios, vejam aqui nossos outros posts sobre este destino. CLIQUE AQUI e confira.


Blog A Viagem

Dicas de turismo e viagem. Retratamos nossas experiências reais de viagem. Fotos autorais. Blog membro da RBBV - Rede brasileira de blogueiros de viagem.

4 comentários

Documento de Viagem · 16/01/2017 às 10:01 pm

Miami é uma delícia!!😆

Bloga Viagem · 17/01/2017 às 4:54 am

Nós tb amamos. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.