Amsterdam – Dicas de viagem para a capital holandesa

Amsterdam
Amsterdam

O destino que trago hoje para vocês é um dos que mais gostei de ter visitado nos últimos tempos, Amsterdam, ela é uma cidade impressionante e linda. Além misturar muito bem o antigo com o moderno. Venha conosco e confira as principais dicas para a capital dos holandeses.

Amsterdam possui voos diretos de algumas capitais brasileiras, ou ainda com conexões pela Gol onde não existirem. Não é cara de se visitar. Há atrações para todos os gostos. Veja um pouco mais no nosso post abaixo.

Quando ir a Amsterdam?

Este é um assunto espinhoso, pois envolve interesses pessoais. Eu diria que a época mais aproveitável para se visitar qualquer cidade seria uma época mais seca, onde o frio ou a chuva não te atrapalhe, mas o que recomendar a uma pessoa que quer ir para Amsterdam e ainda ver um pouco de neve, ou os canais congelados?

Pois é. Seguindo a minha lógica, EU recomendo os meses de maio e junho. Especialmente junho, onde vai chover pouco e a temperatura estará mais agradável. Abril estará meio frio, mas quanto a chuva é aproveitável.

Os meses de julho e agosto terão temperaturas mais altas, mas choverá mais. Setembro ainda é aproveitável, entretanto de novembro a abril as temperaturas estarão mais baixas, com o complicador da chuva no final do ano, portanto, se optar por estes meses, vá avisado!

Índice Pluviométrico - Amsterdam
Índice Pluviométrico – Amsterdam
Média de temperatura em Amsterdam
Média de temperatura em Amsterdam

O Básico para Amsterdam

3 Vs (Voos, Vistos e Vacinas)

Há dois voos diretos do Brasil para a Holanda, que servem inclusive de porta de entrada para outros países da União Européia, assim como Ásia e África. a empresa que opera estes trechos é a Royal Dutch KLM, ou mais comumente chamada de KLM.

O primeiro voo sai diariamente de São Paulo (Guarulhos – Amsterdam – voo direto saindo de SP 19:35hs e chegando em Amsterdam 12:10h do dia seguinte. Do Rio de Janeiro o voo parte diariamente para Amsterdam , ligando diretamente as duas cidades, ele sai às 21:55h e chega lá às 14:20h. Há também voos bem convenientes da Air France para Paris com conexões curtas.

Amsterdam
Amsterdam

Visto

O processo de emissão de visto para a Holanda é o mesmo do restante da União Européia, muito simples, no aeroporto o agente da imigração faz uma breve entrevista (para famílias pode ser feita com todo mundo junto).

Podem te perguntar dados do local onde você se hospedará, quantos dias, quantos países a serem visitados (e quais), quanto de dinheiro está levando, pode pedir as reservas dos hotéis, passagens de volta, seguros, etc. Mas no geral não lembro de ter conhecido alguém que não passou por essa etapa – não é o caso da Inglaterra.

Vacinas

Ainda não é obrigatório a apresentação do Certificado Internacional de vacinação para entrada na Europa, principalmente pelo clima da região. O mosquito não combina muito com o clima temperado. Mas vai que… É bom se informar com as autoridades locais (canais da internet) antes de viajar. Na dúvida tome a vacina e tire o certificado.

Moeda em Amsterdam

A moeda na União Européia é o EURO, que na data em que pesquisei para este post 1 EURO custava R$4,21 + 1,1% de IOF. Veja a cotação atualizada no site oanda.com.

Segurança em Amsterdam

Não há o que se falar, mesmo sendo uma cidade com cultura mais tolerante que as demais com alguns hábitos, como por exemplo o de liberar o uso de maconha em locais e quantidades específicas, não se vê na cidade qualquer vestígio de violência.

Assim como no resto da Europa, me senti bastante seguro. A dica é como sempre não dar bobeira. Hábitos como carregar os bens de valor nos bolsos da frente (sem folga) e atenção a bolsas e mochilas são sempre bem vindos em qualquer lugar do mundo.

Dicas de Amsterdam

Dá para encaixar Amsterdam num stopover de 4 a 5 dias (tanto na ida, quanto na volta) para qualquer lugar que a KLM te conecte daqui do Brasil. Não perca a oportunidade.

Internet e Telefonia em Amsterdam

Se você é como eu e não vive desconectado, o ideal é contratar um plano de voz ou dados. Eu contrato sempre o de dados da a EasySim4U, veja os planos disponíveis clicando aqui.

Chegada e saída de Amsterdam

A Holanda é um país muitíssimo bem servido de transporte público, a infraestrutura do pequeno país é mesmo invejável, com isso a forma mais barata de se viajar pelo país disparado é usando o sistema de trens. Sejam os metrôs, trens ou trams (bondes).

Oudeschans - Amsterdam
Oudeschans – Amsterdam

Preparei uma pequena planilha resumo com os três principais modos de locomoção, simulei nos três cenários um trajeto entre o aeroporto e estação Amsterdam Centraal (é escrito com dos as mesmo).

Lembrando sempre, em Amsterdam não há tanto problema para embarque e desembarque dos trens, e trânsito da plataforma até a saída como em algumas cidades onde nestes casos não há elevadores. Mas as vezes o tempo de embarque e desembarque é meio curto, fiquem ligados para não perderem.

Veja o quadro comparativo

 Trem/MetrôUber XTaxi
Tempo14 a 17 minutosDepende do trânsitoDepende do trânsito
Tarifa4,20 eurosentre 26 e 36 eurosaproximadamente 45 euros
Próscusto unitário em conta/Estação dentro do terminal do aeroporto/Vários horários disponíveistarifa mais em conta para dividir/ te deixa exatamente onde você precisa irtarifa mais em conta para dividir/ te deixa exatamente onde você precisa ir
ContrasNão te deixa exatamente no seu pontoDepende de ter conexão com a internet para funcionarMais caro de todos

Como se locomover em Amsterdam

O melhor de Amsterdã será conhecido andando à pé, a geografia da cidade não permite muitas estripulias, a cidade inteira é construída em meio a vários canais (já falo deles no post seguinte), a maioria das ruas é estreita. Não invente de alugar carro por aqui, você vai sofrer com ele.

Bicicletas em Amsterdam
Bicicletas em Amsterdam

Por outro lado, a cidade é muito convidativa para um passeio de bicicleta, há aluguéis convenientes disponíveis aqui: Aluguel de Bicicletas em Amsterdam, ou ainda com o seu próprio hotel. Além de ter um relevo que torna fácil este tipo de transporte, faz parte da cultura local andar de bicicleta.

Aliás, além de culturalmente muito aceito, é até estimulado por parte do governo este modal de transporte. As ruas são adaptadas para receber os ciclistas. Tomem um pouco de cuidado porque os holandeses são “hard users” da famosa magrela. Então, se for andar de bike por lá, favor conhecer as regras de circulação e respeitá-las. Você poderá criar um incidente de proporções internacionais……

Quanto tempo ficar em Amsterdam?

Amsterdam está na categoria de cidades de médio porte europeias. Apesar de ser um grande centro e muito movimentada, ela não chega a se equiparar a Londres ou Paris.

Ela é uma cidade interessante, pois há bastante vida e coisas a serem vistas, e ao mesmo tempo, numa viagem curta dá para ver os principais locais de interesse. Como toda cidade média, eu entendo que alguma coisa entre 4 e 7 dias inteiros seja uma boa estadia.

Fachada em Amsterdam
Fachada em Amsterdam

Olhem bem o que eu disse, dias inteiros. Não adianta chegar no dia 1 no meio do dia e ir embora no dia 4 no mesmo horário, neste caso você só terá tido 2 dias inteiros e mais duas metades que as vezes nem são aproveitáveis.

Com 4 dias você verá os principais pontos de interesse da cidade, e com 7 dias você fará tudo com sobra de tempo, pode até se dar ao luxo de apenas flanar pelo lugar or alguns dias ou fazer algum bate e volta pela região.

Onde ficar em Amsterdam

O ideal é ficar em hotéis ou casas na parte de dentro do Westerkannaal, a maior parte das atrações estará localizada no interior deste perímetro. Nós ficamos no Mercure Amsterdam Central Canal District.  Gostamos muito do hotel, padrão Mercure, muito bem localizado, andamos à pé para todos os cantos.

Se for conveniente para você, não se preocupe por ficar em hotéis sem café da manhã. Há disponibilidade de padarias e cafés excelentes por toda a cidade.

Em Amsterdam há mais de 2000 estabelecimentos disponíveis para hospedagem, dentre hotéis, hostels, casas de aluguel, recomendo que procure a melhor opção para a sua viagem, clicando aqui.

Atrações

Uma das características mais legais do povo em Amsterdam é sua educação. Eles são extremamente evoluídos, com políticas inclusivas relacionadas a drogas recreativas, tolerância quanto ao credo, cor e a sexualidade, além do exercício da prostituição.

Tudo isso é legal e regulado por lá. Nada que os espante ou constranja. O país é um exemplo de civilidade. Um símbolo disso são os famosos coffeshops, onde qualquer um vai – se quiser – e consome maconha de forma legal.

Amsterdam – Atrações Imperdíveis

A primeira das atrações em Amsterdam na realidade envolve várias no mesmo pacote, é a região conhecida como Museumplein, onde você encontra num espaço compacto várias atrações.

Museumplein

A própria praça onde os holandeses costumam passar um tempo, fazer piqueniques e esportes ao ar livre (quando o clima permite), o imperdível Rijksmuseum, a meu ver é o melhor museu de Amsterdam. Planeje no mínimo meio dia para conhecê-lo, isso se você é daqueles rapidinhos para museus, se demorar mais um pouco pode reservar um dia. Ali estão expostas as melhores obras dos mais famosos artistas clássicos holandeses: Rembrandt, Vermeer, Steen e Peter Paul Rubens. Para adquirir suas entradas SEM FILAS e sem pagar mais por isso CLIQUE AQUI.

Logo em frente ao Rijksmuseum fica o famoso”I Amsterdam Sign” aquele que foi que pioneiro e depois a maioria das cidades do mundo imitou. Andando um pouquinho depois do I Amsterdam sign fica o Moco – Banksy Amsterdam, museum que reúne obras do famoso artista de rua Banksy. Evite filas comprando seus ingressos antecipadamente, CLICANDO AQUI.

Rijksmuseum

Um pouco mais a frente está o belíssimo e muito bem equipado Van Gogh Museum, esta é outra visita imperdível para os amantes da arte que estiverem em Amsterdam. As melhores peças da obra do artista estão por ali. ATENÇÂO: compre antes o seu ingresso COM HORA MARCADA e SEM FILAS para visitar este museu CLICANDO AQUI.

Num dos cantos da praça está o Stedelijk Museum Amsterdam, que é a casa da arte moderna de Amsterdam. Dou o maior valor a arte moderna, mas particularmente não é o tipo que mais me agrada. De qualquer maneira, se te agrada e você quer aproveitar uma visita sem filas, CLIQUE AQUI e compre seus ingressos.

The Concertgebouw, esta é uma das mais conceituadas casas de concertos de Amsterdam. Há visitas guiadas, INGRESSOS AQUI, e há concertos diurnos e noturnos durante a temporada oficial. Segue um mapa com todo o trajeto a ser percorrido, andando diretamente dá 1,3KM numa região muito agradável.

Outros imperdíveis

Ainda na linha dos Pontos imperdíveis de Amsterdam, estão o Hermitage Amsterdam, o Red light District, Anne Frank House, o Heineken Experience e um Passeio de barco pelos Canais. O Hermitage em Amsterdam é uma filial do famoso Hermitage de São Petersburgo na Rússia, com coleção própria e rica de lindas obras. Se pretende visitar o museu e quiser evitar filas, COMPRE AQUI seus ingressos.

A casa de Anne Frank, foi onde viveu essa menina lutadora e sua família judia – que fugia do nazismo durante a segunda Guerra mundial –  durante a visita à casa você conhece a história da menina que relatou todo o período vivido ali num diário e depois da guerra seu pai publicou para o mundo. Anne Frank não sobreviveu à guerra, diferente do seu pai.

É uma história triste, como tantas outras vividas naquela época, mas essa tem uma riqueza de detalhes muito grande. Atenção, hoje não são vendidos ingressos na bilheteria do local, apenas online com hora marcada, dada a demanda, os ingressos podem ser adquiridos aqui.

Amsterdam – Para os amantes da cerveja

A próxima atração é uma das preferidas dos brasileiros em Amsterdam, o Heineken Experience, onde você tem a oportunidade de conhecer o processo produtivo além da história da famosa cervejaria.

De quebra dá para degustar uma ou outra garrafinha da cerveja. Você encontra ingressos para o tour CLICANDO AQUI. Por último, mas não menos importante, faça um passeio de barco pelos canais de Amsterdam.

É impressionante a destreza dos pilotos dos barcos, que em diversos cruzamentos de canais, tem que manobrar para mudar de canal, os barcos são grandes, e os espaços são apertados. Vale muito o passeio, os canais são lindos. Verifique a disponibilidade de ingressos CLICANDO AQUI.

Amsterdam – Outras atrações

Albert Cuyp Market – É um mercado popular de rua, que fica na Albert Cuypstraat. Pode-se encontrar de tudo por ali, de roupas a comida. Por falar em comida, comemos um stroopwafel delicioso por lá, feitinho na hora. Massa fina e quente com o delicioso doce de leite holandês.

Há também o Rembrandt House Museum, onde viveu e trabalhava o famoso artista holandês. O ambiente está muito bem mantido, com os seus instrumentos de trabalho ainda expostos. Ingressos para essa atração estão disponíveis  neste link aqui.

Passear pelos canais –  andar às margens dos canais é um passeio maravilhoso. Admirar as casas, palácios e o movimento da região é muito interessante, até porque não temos nada parecido por aqui no Brasil. De todos os canais, os principais e onde as construções são mais interessantes são o Prinsengracht, o Keizersgracht, Singel e o Herengracht.

O Nemo Science museum é um passeio imperdível se estiver com crianças no seu grupo, além das exposições serem muito educativas, há a possibilidade de subir até o último andar e aproveitar a vista do jardim que existe lá no topo.

Amsterdam – Downtown

Royal Palace Amsterdam – Palácio Real de Amsterdam, fica bem no centro e tem um acervo interessante. Vale muito a visita. Caso se interessem, CLIQUE AQUI e compre seus ingressos. Amsterdam Museum – Museu que conta a história da cidade, é pequeno e por isso a visita não demora muito, vale a pena conferir.

Begijnhof – É um conjunto de casas fundado no ano de 1346, pela irmandade feminina católica das beguinas. Ali viviam exclusivamente mulheres, protegidas pela irmandade. O número 34 dessa vizinhança vem a ser a casa mais antiga de Amsterdam. A entrada é GRATUITA. O acesso se dá pela praça Spui.

Magere Brug – Essa é uma das pontes mais famosas de Amsterdam, dentre as 1000 que há na cidade. Ela foi construída inteiramente em madeira e figura ali desde o século XIX. De noite a iluminação fica interessante.

Mais atrações

Public Library of Amsterdam – É a biblioteca pública da cidade. Não estou recomendando que você vá lá para tomar emprestado alguns livros em holandês, mas se quiser tudo bem. O interessante da biblioteca é a vista lá de cima. Ponto muito interessante da cidade, que te renderão ótimas fotos.

A biblioteca tem entrada gratuita. Vondelpark – É um belo parque em Amsterdam, oportunidade de dar uma relaxada no meio dos passeios do dia. O nome faz homenagem ao escritor Joost van den Vondel. “De acordo com decisão da prefeitura, a partir de setembro de 2008, os visitantes do Vondelpark poderão fazer sexo ao ar livre dentro dele, desde que sejam respeitadas algumas regras preestabelecidas, mas de qualquer forma, o ato não é incentivado nem frequente” Fonte Wikipedia.

Museum Van Loon – esta é a antiga casa da família Van Loon, família riquíssima que comprou a casa e depois de um tempo a transformou em museu. Ela serve muito bem para nós de hoje em dia vislumbrarmos como era a vida dos seus habitantes nos idos dos anos de 1884.

Museu Van Loon, foto do site https://www.holland.com/br/turismo/destinos/amsterdam/museu-van-loon.htm
Museu Van Loon, foto do site https://www.holland.com/br/turismo/destinos/amsterdam/museu-van-loon.htm

Ons’ Lieve Heer op Solder – Esta é uma casa antiga do século 17, incluindo uma antiga igreja católica no andar de cima que celebrava missas clandestinamente, pois na época este tipo de culto era proibido na cidade. CLIQUE AQUI e compre seus ingressos.

Bloemenmarkt – Mercado das flores, um passeio interessante, onde são vendidas flores de todos os tipos, especialmente as famosas tulipas holandesas. Se tiver tempo, veja também em Amsterdam o Sex Museum, o Erotic Museum o Madame Tussauds Amsterdam e o Munttoren .

Igrejas em Amsterdam

As três principais da cidade e dignas de serem visitadas são: Westerkerk, The Oude Church, The New Church. Todas elas com interiores de madeira e grandes painéis decorando. É o momento de seu passeio para uma pausa.

Mapa de Amsterdam

Segue o mapa com as principais atrações e pontos de interesse da cidade.

Comer e afins

Panckake bakery –  Essa deliciosa creperia fica localizada no Prinsengracht 191, 1015. O crepe deles é uma senhora refeição. Tem de vários sabores, exóticos que valem ser experimentados. Eu gostei bastante, tanto que fomos duas vezes. É um pouco concorrida, pode ser difícil encontrar lugar.

Vleminckx Sausmeesters – Essa é a melhor batata frita de Amsterdam, é servida num cone, com alguns molhos para acompanhar. Há filas gigantescas. Vale a pena experimentar.

Queijos – Como um bom mineiro este é um tema que muito me interessa em todos os locais do mundo por onde passo. A Holanda especificamente é a terra do queijo Gouda, que é delicioso, não deixe de provar e até trazer um ou dois para você. A cidade é cheia de lojas que oferecem degustações dos mais variados tipos de queijo.

CoffeeShops –  os coffeshops são as casas especializadas no comércio das drogas legais por lá. São os lugares onde os interessados vão para fumar maconha e afins. Não é permitido usar este tipo de entorpecente em qualquer lugar, portanto não se aventure achando que por lá é tudo liberado.

Alguns holandeses não acham muito boa a ideia, mas na maior parte ninguém liga, cada um cuida da própria vida. Detalhe, eles estão espalhados por todo o centro da cidade, as vezes você sente o cheiro deles antes de ver a placa.


Com que destino eu consigo combinar a visita a Amsterdã?

Viajar na Europa é uma coisa muito legal, as vezes com um voo de 1 hora você atravessa 2 países, portanto, combinar um destino com outro é muito fácil. Por exemplo, dá para combinar com França, Alemanha, Bélgica e até Inglaterra usando apenas trem para se locomover. As vezes trem rápido.

Para Bruxelas no Talis (o trem bala) dá uma hora e meia de viagem (sem a burocracia de embarque e desembarque de aeroportos) e contando com as estações geralmente cravadas nos centros das cidades. Dá para viajar chegando com 5 minutos de antecedência para a partida do trem.

Se optar por usar avião, dá para esticar facilmente para Sul da França, Região da Boemia na Alemanha, Áustria, Rep. Checa, Espanha, Itália, Países do Báltico, Dinamarca, Noruega e Suécia. Não é a toa que o aeroporto deles é um dos mais movimentados e práticos do mundo.

Veredito

Amsterdam é uma cidade linda e digna de ser visitada, dá para fazer visitas curtas ou mais longas. Garanto a vocês, se a viagem for bem planejada vocês não se arrependerão. Farei um novo post sobre as atrações da cidade. Aguardem a confirmem.

Magere Brug
Magere Brug

Outros posts sobre a Europa

Para você que está pensando em visitar a Europa, veja aqui outros posts sobre a região que talvez te interessem.

Caso ainda não tenha montado seu roteiro, Amsterdam combina muito bem com uma visita a Paris, a Bélgica ao Reino Unido e a Escandinávia.

Veja aqui alguns posts legais para complementar seu passeio.



Abraços a todos e obrigado pela visita. Deixe aqui seu comentário e visite nossas redes sociais:


[mc4wp_form id=”12997″]




3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui