2017

Dicas de viagem – Como se locomover em San Francisco, Los Angeles, Las Vegas e NYC – parte final

Olá pessoal, boa noite a vocês. Dando sequência ao primeiro post sobre como se locomover por San Francisco, Los Angeles, Las Vegas e NYC, aqui vai a parte final do nosso post.

Para acessar o primeiro post, podem clicar aqui.

Um alinhamento antes de concluir o post, estou falando aqui de locomoção dentro das cidades, no nosso caso optamos por fazer o trajeto entre San Francisco e Los Angeles de carro, aproveitando a vista da famosa Highway 1 (falarei com mais detalhes deste passeio em outro post).

Los Angeles

Pois bem, sabendo disso já vou direto ao ponto, o melhor jeito de se locomover por Los Angeles é mesmo de carro, uma vez que a cidade é bem grande e as atrações estão bem dispersas. Soma-se a isso o fato de a cidade não ter um transporte público tão diverso e eficiente como em outras grandes cidades como San Francisco, NYC ou Paris por exemplo. Por este motivo, Los Angeles sofre do mal das grandes cidades, sim, eles mesmo os engarrafamentos. Mas relaxem, enquanto num engarrafamento na ponte Rio-Niterói você chega a ficar parado no lugar, por lá os que eu peguei a gente sempre estava andando, mesmo que devagar. Apenas se programe e cheque o trânsito antes de sair de casa.

E como fazer para arrumar um carro? Nos EUA o processo de aluguel de carros é muito fácil e descomplicado, as locadoras possuem postos de locação gigantes nos aeroportos – além de agências de rua – geralmente com serviço de transfer entre os terminais e local de retirada e devolução do carro. Los Angeles não é diferente, a garagem das locadoras fica a dez minutos do aeroporto, então ao se planejar, considere este tempo de deslocamento no seu trajeto total para não perder o seu voo.

Optamos por alugar o carro com a Rent Cars, que para mim no período que eu fazia os orçamentos foi quem me mostrou os melhores preços, eu já havia usado no Brasil, portanto confiei de cara. A grande vantagem é que eles conseguem pesquisar em diversas (senão em todas) as locadoras disponíveis em cada lugar. Você pode reservar e administrar sua reserva pelo site ou pelo  aplicativo, disponível para as mais diversas plataformas.

 Segue um exemplo de pesquisa de preços executada no site considerando pegar o carro em San Francisco e devolvendo em Los Angeles e também retirando e devolvendo no aeroporto de Los Angeles.

Simulação Carro San Francisco Los Angeles

Se for descer de San Francisco para Los Angeles de carro, recomendo considerar um carro um pouco mais confortável, especialmente que acomode toda sua bagagem sem nenhum problema, por incrível que pareça, vimos vários carros em SF com o vidro estourado por ladrões. Vale o cuidado com sua bagagem, parecido com o que faríamos aqui no Brasil.

Simulação de aluguel de carro em Los Angeles

Você não pagará nada no ato da reserva, o pagamento será feito direto na locadora, após o processo de reserva você deverá imprimir a confirmação e levar no dia da retirada do carro. No dia da retirada é só se dirigir ao balcão da locadora informada e seguir as orientações.

Para se orientar, o bom é velho Google maps não falha.

Las Vegas 
Em Las Vegas as coisas de interesse são em sua maioria muito próximas – como por exemplo os cassinos da Las Vegas Boulevard (mais conhecida como Las Vegas Strip) – mas algumas coisas legais ficam bem distantes (mais de 25 km), como por exemplo Red Rock Canyon – que além de ser longe tem uma trilha de mais de 10km que é percorrida de carro –  Grand Canyon, Route 66, etc. A melhor opção de deslocamento deverá ser ajustada de acordo com suas reais necessidades. Se você só vai a cassinos ou nas adjacências da Las Vegas Strip, recomendo ficar no Uber, no Lyft, no Taxi ou ainda monorail que circula pela região dos hotéis.

No geral para Las Vegas eu recomendo fortemente o uso do carro. Aqui não vale a pena investir num aluguel de carro mais caro, peguem o mais econômico que você vai se deslocar basicamente pela cidade, sem malas ou algo que chame atenção no carro.

Lembre-se, os estacionamentos em geral são pagos, giram em torno de US$8,00 a US12,00 a diária, com algumas exceções que podem ser um pouco mais caros.

Para quem tiver interesse, fiz um orçamento na rentcars.com (saindo do aeroporto de Las Vegas e voltando para ele) que pode ser visualizado no link a seguir:

Simulação de aluguel de carro em Las Vegas


NYC

Bom, Nova Iorque é um caso bem distinto, aqui o transporte público impera e funciona bem.

Para sair do aeroporto, as dicas são três:

1) Como disse no primeiro Post dessa série, Super Shuttle. Preço padrão, pode ser comprado pelo aplicativo. Veja dica sobre ele clicando aqui.

2) Uber, no aeroporto JFK a disponibilidade de carros do Uber é maior que a dos concorrentes. No Uber pool no dia e hora que fiz a pesquisa (terminal 1 até a região da Times Square), a tarifa estava em US$35,00, pelo UberX US$62,84. Se quiser Luxo, no UberBlack você pagará US$149,19, e por último se for precisar de espaço o Uber XL a tarifa estaria em US$115,44. Lembre-se, os preços são em dólar.

3) Trem/ metrô – neste caso recomendo para quem estiver com pouca bagagem, pois a maioria das estações do metrô de NYC não é tão acessível, e de cara você precisará fazer uma baldeação do Airtrain JFK na estação Jamaica Center ou na Howard Beach JFK Airport. Essa opção será com certeza a mais em conta, mas possivelmente a menos conveniente. Em Jamaica Center você poderá pegar as linhas E, J e Z. De Howard Beach você pega a linha A. Outra vantagem é a previsibilidade de horários, uma vez que o metrô não está sujeito a engarrafamentos. Aqui abaixo, segue o mapa do metrô de NYC.

Nyc subway map

Mapa do metrô de Nova Iorque

Para se deslocar dentro de Manhattan, a dica é usar o metrô. NYC é bem servida de metrô em todas as regiões. Se estiver com um smartphone ou tablet, recomendo baixar o aplicativo “NYC Subway”, que além de dispor de um mapa pode traçar trajetos de seus deslocamentos.

NYC como cidade grande tem muita disponibilidade de carros de Uber e do Lyft. Recomendo se a tarifa estiver normal e se você precisar se deslocar com uma certa urgência ou estiver longe do metrô.

Outra dica é usar o maravilhoso metrocard, para quem for usar mais de 12 trechos de metrô, já vale a pena comprar o metrocard. A tarifa única custará US$2,75. Você pode comprar para uma semana ou para 30 dias com corridas ilimitadas. Para 7 dias você pagará US$32,00. Para 30 dias US$121,00. Se quiserem checar o site do sistema de metrô, pode verificar o site aqui. O metrocard pode ser adquirido em todas as estações em máquinas de venda de passagem, muito fácil de usar.

Última dica, vale muito a pena instalar o google maps em um tablet ou smartphone para se orientar nestas grandes cidades, você vai economizar um tempão.

Vou ficando por aqui e agradeço a todos pela visita ao site.

Anúncios

Discussão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s