3 dias em Miami compras no  Outlet Sawgrass Mills

Roteiro de 3 dias em Miami com compras no Outlet Sawgrass Mills – O que fazer em Miami, onde comer, hospedagem, passeios e atrações. Por Bloga Viagem 16/01/2017.

Como não falar de  Miami? Apesar de existirem milhões de posts por aí, aqui vai o meu. Ficamos apenas 3 dias por lá 😢, 3 dias em Miami é pouco, mas aproveitamos a valer 😃.

Chegamos num vôo direto do Rio para Miami, achei muito fácil, o vôo durou pouco mais de 8 horas, quando chegamos em Miami ainda era madrugada. O processo de imigração foi bem rápido e eficiente 👍🏼.

Para ir a Miami Beach pegamos um taxi, que apesar de ter andado pouco tempo, percorreu uma distância considerável. A corrida não custou caro, nem tão pouco foi uma pechincha. Ficamos no meio do caminho, para mim um preço justo. Não aluguei carro logo de cara pois para mim em Miami Beach e Miami podemos andar de transporte público, transporte turístico ou a pé tranquilamente.

Qual o período ideal para ir (Clima)?

Nos EUA em modo geral as estações são bem definidas, ou seja, verões quentes e invernos frios. A “estação quente”em Miami, vai de abril a outubro. Com temperaturas agradáveis de dia e noites não muito frias (o auge da temperatura fica entre junho e setembro). Em contrapartida a estação chuvosa coincinde com o calor, vai de maio a outubro. Na média o mês mais quente é agosto e o mais frio janeiro. Junho é o mês mais úmido e dezembro o mais seco. Eu recomendo ir na primavera ou no outono, fomos em fevereiro (ainda inverno) não pegamos nenhuma chuva, mas alguns dias um pouco frios na parte da manhã, durante o dia até rolava praia. O verão é a época do ano mais propícia a tempestades tropicais (furacões) convém pesquisar para evitar eventos do tipo.

Abaixo segue um gráfico do comportamento da média do clima em cada um dos bimestres do ano.

Clima em Miami

Clima em Miami

Quanto tempo ficar?

Isso é um dilema em todas as viagens. O maior limitador de todos é o tempo e o $$ que temos disponível. Miami tem muita programação cultural, eventos esportivos, atrações mil, eventos, vida noturna. Dá para encher umas duas semanas facilmente, eu acho que de 5 a 7 noites você fará um ótimo passeio. Se quiser conjugar com Orlando dá para compactar e fazer entre 3 e 4 noites.

Onde ficar?

Mais um assunto complicado, e vai depender da quantidade de $$ disponível para gastar. Acho que, a não ser que você tenha algum lugar para ficar, ou um evento específico em determinada região, o melhor local para se hospedar é Miami Beach. É mais caro com certeza, mas você estará perto de tudo, bons hotéis, praia, bares e restaurantes, atrações, boates, lojas, ufa…

As demais regiões também tem o seu encanto, mas o burburinho estará em Miami Beach. Miami Downtown apesar de mais barato do que Miami Beach,  fica a mais ou menos 9km de Miami Beach. Contando o trânsito, você pode gastar fácil uma meia horinha de deslocamento.



Booking.com

Como disse anteriormente, vale fazer as contas e pesquisar bastante por um bom hotel.

Nós ficamos no Loews Miami, um dos grandes hotéis que ficam em Miami Beach, ocupa um dos prédios mais altos da praia, segue aqui a página deles no booking.com. O prédio tem aquela cara de antigo, mas é super, hiper, mega conservado. Hotel de primeiríssima qualidade. Tem tudo que você precisar, só o preço que é um pouquinho acima da média, mas vale o conforto. Semelhante a ele é o Fountaneableau um luxo só.

Como se locomover?

Andar exclusivamente de taxi pode ficar meio carinho, o bom é que, como nas grandes cidades americanas dá para usar e abusar do Uber. Inclusive, por aqueles lados se você tiver um pouco de di$ponibilidade você pode até esbanjar um pouquinho. Eles tem umas categorias diferentes do Uber, como por exemplo Uber XL(carros grandes), Uber Premium (carros luxuosos) e os nossos comuns, pool e uberx. Vejam umas telinhas com simulações do aeroporto até Miami Beach.

O taxi não deixa de ser uma opção, e apesar do preço, tem pela cidade toda. Só pedir no seu hotel que eles te chamam um (se já não tiver um ponto de taxi no hotel). Há linhas regulares de ônibus na cidade, mas eu confesso que não me aventurei, se tivesse pesquisado, teria usado.

Transporte público/massa

Outra opção – esta conjuga transporte e turismo – são os ônibus do tipo hop on/hop off. Existe uma empresa – Big Bus Tour – com saídas regulares ao lado do Bayside Marketplace. Eles rodam toda a cidade, Miami Beach, Wynwood, Little Havana, Design district, Coral Gables e Coconut Grove. Os preços variam de acordo com a rota que você escolher e o mais importante, de acordo com os opcionais escolhidos. Vale a pena fazer a conta para ver se compensa pegar um passe de mais de um dia e ir conhecendo toda a cidade e ainda por cima se locomovendo. Se for ficar apenas em Miami Beach, até andando você faz tudo.

Há quem opte por alugar logo de cara um carro, eu não acho necessário, mas como disse por aí, você deve olhar as suas po$$ibilidades. Existem diversas locadores na cidade, com lojas em Downtown ou na praia. Eu aluguei no último dia.

 

Vou parando por aqui pois Miami tem muita coisa a fazer, um post apenas ficaria muito grande. Então, continua (Parte 2)….

Veja aqui o último post.

Rent Cars

Rent Cars