Museus fantásticos – o Museu do Louvre em Paris

Olá pessoal,

Está aí uma coisa que gostamos de fazer quando estamos viajando, visitar museus, sempre que podemos colocamos nos nossos roteiros. Aliás, como não visitar museus estando em Paris, Londres, Roma, Berlim ou NYC?

Hoje vou falar de um dos grandes, talvez um dos maiores do mundo. Vamos aos fatos.

Museu do Louvre – Paris

Visitamos por duas vezes este lindíssimo museu, uma em fevereiro de 2010 e outra em julho de 2012. Nas duas vezes ele estava bem cheio, porém, na visita de 2012, como era alto verão e Paris estava apinhada de turistas, imaginem como estava o museu.

O Louvre fica bem no centro de Paris bem no burburinho, também pudera, antes de ser museu ele era palácio dos reis franceses, daí a sua opulência, desde a fachada até a menor das obras em seu interior. Tornou-se museu em 1793, hoje ele é a casa da Mona Lisa de Leonardo Da Vinci. Lá existem cerca de 35.000 peças de arte expostas sendo que a mais antiga delas remonta a mais de 7000 anos atrás.

O museu abre de quarta a segunda, das 9 da manhã até as 6 da tarde, nas quartas e sextas fica aberto até as 21:45hs. Fecha nos dias 01 de janeiro, 01 de maio e 25 de dezembro.

É muito fácil chegar no Louvre, tem uma estação de metrô que chega bem dentro do museu, numa área comum e cheia de conveniências, como centros de recepção a turistas, bilheteria, agências, etc. Se você estiver vindo do quartier latin, dá até para vir à pé.

O museu é muito grande, muito grande mesmo, dá para se perder dentro dele com tranquilidade. Uma visita legal pode ser feita com meio ou um dia. Mas dá para passar uma semana tranquilamente.

Sugiro os pontos altos: Grande esfinge de Tanis, Vênus de Milo, Vitória alada de Samothrace, A coroação do emperador Napoleão I, A grande odalisca, As bodas de Caná, Mona Lisa, a liberdade liderando o povo, os apartamenos de Napoleão.

Sobre a Mona Lisa, é uma obra estraoedinária, e sua sala em quase todo o ano será lotada.

Recomendo apanhar um mapa na entrada para se deslocar pelo museu, eles tem em vários idiomas, acredito que até em português(de Portugal, mas vcs tirarão de letra). Uma boa pedida também é ter um guia como os da publifolha, Fodors, etc, a sua disposição, que além de contar fatos do museu, conta também sobre a história de algumas das principais obras.

O museu possui restaurantes, e lanchonetes, portanto, se você planejar um dia inteiro, terá onde se alimentar tranquilamemte. As opções são variadas e tendem a agradar a todos os gostos.

Deixo a vocês umas poucas fotos que fizemos e também o site do museu para uma pesquisa antes da visita. Espero que se divirtam.


Abraços e até a próxima.

 

www.louvre.fr